Translate

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Grand Prix Junior St Gervais 2016

Olá, tudo bem?

Vai começar o Grand Prix Junior de patinação. É uma ótima pedida para quem ficou com saudade das Olimpíadas e sua overdose de esportes na TV. A grande vantagem desses eventos junior é que são transmitidos gratuitamente ao vivo via youtube. Esse evento vai inclusive contar com a dupla de dança no gelo Karolina Elizabeth CALHOUN / Logan Tyler LEONESIO, que representa o Brasil.

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
A brasileira Karolina Calhoun participa do campeonato


Seguem os horários (hora de Brasília) e ordens de entrada:


25/8 - Quinta-feira


9:45 - Curto feminino 

Link da live

    Grupo 1

1    Maisy Hiu Ching MA   
        Hong Kong
2    Alina ZAGITOVA   
        Russia
3    Anzelika KLUJEVA   
        Letônia
4    Federica MAGNIFICO   
        Suíça
5    Olivia GRAN   
        Canadá

       Grupo 2     

6    Anna TARUSINA   
        Russia
7    Kaori SAKAMOTO   
        Japão
8    Ellen YU   
        Noruega
9    Thita LAMSAM   
        Tailândia
10    Alina SUPONENKO   
        Belarus
      Grupo 3
   
11    Alizee CROZET   
        França
12    Aiza MAMBEKOVA   
        Cazaquistão
13    Charlotte VANDERSARREN   
        Belgica
14    Zeynep Dilruba SANOGLU   
        Turquia
15    Pauline WANNER   
        França

      Grupo 4     

16    Elisa TSUJI   
        Indonésia
17    Emmi PELTONEN   
        Finlândia
18    Tania MARGARIDO   
        Andorra
19    Kristen SPOURS   
        Reino Unido
20    Rin NITAYA   
        Japão

      Grupo 5  
 
21    Kristina ISAEV   
        Alemanha
22    Julie FROETSCHER   
        França
23    Cassandra JOHANSSON   
        Suécia
24    Ye Lim KIM   
        Coréia do Sul
25    Alexia PAGANINI   
        Estados Unidos
26    Veronika SHEVELEVA   
        Cazaquistão

14:10 - Curto masculino
     Grupo 1 
  
1    Ilyass EL-MARHOUME   
        Marrocos
2    Sondre ODDVOLL BOE   
        Noruega
3    Adam SIAO HIM FA   
        França
4    Michel TSIBA   
        Holanda
5    Yaroslav PANIOT   
        Ucrânia

      Grupo 2     

6    Graham NEWBERRY   
        Reino Unido
7    Calvin PRATAMA   
        Indonésia
8    Roman SAVOSIN   
        Russia
9    Si Hyeong LEE   
        Coréia do Sul
10    Eric LIU   
        Canadá

      Grupo 3     

11    Artur PANIKHIN   
        Cazaquistão
12    Oleksiy MELNYK   
        Estados Unidos
13    Luc ECONOMIDES   
        França
14    Tomoki HIWATASHI   
        Estados Unidos
15    Ilia SKIRDA   
        Russia

      Grupo 4  
 
16    Kevin AYMOZ   
        França
17    Basar OKTAR   
        Turquia
18    Davide LEWTON BRAIN   
        Mônaco
19    Tim HUBER   
        Suíça
20    Conrad ORZEL   
        Canadá

     Grupo 5    

21    Yakau ZENKO   
        Belarus
22    Natran TZAGAI   
        Suécia
23    Koshiro SHIMADA   
        Japão
24    Daniel GRASSL   
        Itália
25    Petr KOTLARIK   
        República Checa


26/8 - Sexta-feira


10:15 - Dança curto
      Grupo 1  
 
1    Sofia POLISHCHUK / Alexander VAKHNOV   
        Russia
2    Sasha FEAR / Jack OSMAN   
        Reino Unido
3    Eliana GROPMAN / Ian SOMERVILLE   
        Estados Unidos
4    Sabrina BITTNER / Andrej LEBED   
        Alemanha

      Grupo 2     

5    Alexandra BORISOVA / Cezary ZAWADZKI   
        Polônia
6    Angelique ABACHKINA / Louis THAURON   
        França
7    Karolina Elizabeth CALHOUN / Logan Tyler LEONESIO   
        Brasil
8    Ashlynne STAIRS / Lee ROYER   
        Canadá

      Grupo 3     

9    Emilia KALEHANAVA / Uladzislau PALKHOUSKI   
        Belarus
10    Villo MARTON / Danyil SEMKO   
        Hungria
11    Nicole KUZMICH / Alexandr SINICYN   
        República Checa
12    Sofia SHEVCHENKO / Igor EREMENKO   
        Russia

      Grupo 4  
 
13    Christina CARREIRA / Anthony PONOMARENKO   
        Estados Unidos
14    Natacha LAGOUGE / Corentin RAHIER   
        França
15    Chanel DEN OLDEN / Rodolphe SABATINI   
        Holanda
16    Loica DEMOUGEOT / Theo LE MERCIER   
        França


13:15 - Feminino longo
Ordem depende do resultado do curto.

27/8 - Sábado


6:40 - Dança livre
Ordem depende do resultado do curto.

9:40 - Longo masculino
Ordem depende do resultado do curto.


Os vídeos podem ser acompanhados neste canal do youtube. Não vi até agora previsão de live no canal, mas imagino que na hora vai dar tudo certo lá. Se por um acaso não passar lá eu posto os vídeos depois.

Atualização: já saíram os links das lives no youtube e já postei. Conforme a ordem do longo for saindo, vou postar também. Aguardem as atualizações.

Até mais!



segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Esportes auxiliares da patinação no gelo

Olá, tudo bem?

Ao praticarmos algum tipo de esporte, vemos algumas habilidades que não só nos ajudam na prática daquela atividade como podem ser levadas para o resto da vida. Pode ser flexibilidade, agilidade, explosão muscular ou resistência, ou muitas outras habilidades físicas ou mesmo psicológicas. Ao praticarem um esporte, pessoas que têm experiências em outras modalidades podem ter muito mais facilidade do que outros que não possuem essa bagagem. A prática de um esporte utilizada para suplementar outro esporte se chama cross-training.

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte


Na patinação acontece o mesmo. A prática de outras atividades físicas pode ajudar muito no esporte. Vamos ver algumas das modalidades que mais tem a ver com a patinação.




Artes Marciais


patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte


As artes marciais trabalham bastante a agilidade e flexibilidade. Além disso, podem ajudar bastante o preparo psicológico, pois trabalham bastante o equilíbrio mental e a concentração.

Ciclismo


patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte

O ciclismo trabalha a força nos quadris e a resistência, que podem ser muito bem aproveitados na patinação.


Patinação em rodas


patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte


A patinação em rodas é talvez o esporte mais próximo da patinação do gelo. Vários elementos existem tanto em um quanto em outro. Várias habilidades são comuns. Mas, nem tudo é perfeito. Apesar de serem parecidas, há algumas diferenças importantes entre rodas e o gelo. Enquanto nos movemos através de rodas em um tipo de patins, o outro corta o gelo com alguma das duas lâminas, deslizando em uma fina camada de água. Esses detalhes não são tão importantes em uma etapa inicial, mas acabam pesando em um nível mais avançado.

Um dilema é: usar patins com duas fileiras de duas rodas ou inline? Por causa do equilíbrio mais parecido com patins de gelo, o inline leva vantagem em oferecer uma experiência mais próxima. Porém, o patins de duas fileiras permite aprender uma gama maior de elementos, o que também é uma boa vantagem.

Ginástica artística


patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte


A ginástica trabalha a flexibilidade, força nos saltos, movimentos acrobáticos e exige preocupação com a expressão artística. São dois esportes bem parecidos, com elementos, notas de execução e até mesmo apresentações com música.

Ginástica rítmica


patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte


É parecido com a ginástica artística, mas com muito mais ênfase na parte artística em vez da atlética (embora pelos nomes pareça ser o contrário). Também trabalha a flexibilidade, força e a harmonia nos movimentos. A competição é tão parecida com a patinação que os atletas até esperam suas notas em um "kiss & cry", um lugar onde os patinadores e seus treinadores também aguardam suas notas enquanto são filmados.



É importante lembrar que também podem existir problemas com o cross-training. Por exemplo, para patinadores de alto rendimento podem ter problemas treinando ginástica, já que essa atividade força muito as extremidades inferiores do corpo, o que pode gerar lesões na prática da patinação. Então, é necessário sempre considerar com cuidado os prós e contras de cada atividade.

Até mais!






domingo, 14 de agosto de 2016

Spins - informações básicas

Olá, tudo bem?

Hoje vamos falar dos spins, traduzidos por giros ou piruetas. Antigamente me referia a eles como giros, mas a verdade é que me habituei tanto a falar em inglês que desisti de traduzir e vou falar direto spins. São elementos de grande beleza e que também garantem um bom número de pontos aos atletas, sendo computados em um esquema semelhante aos saltos.

Considerações Gerais


Os spins devem ser controlados, centralizados, rápidos e com boa posição. O patinador deve girar sobre um ponto e não andar sobre o gelo enquanto executa o movimento. O desenho feito no gelo deve ser feito conforme a linha verde abaixo, e não segundo a linha vermelha:

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte


  O spin geralmente começa com um crossover de costas, terminando com patinação na lâmina direita interna. Depois, a lâmina esquerda pisa no centro do círculo formado pela curva da lâmina. A saída do spin é feita na mesma posição de pouso dos saltos.


Pontuação e classificação


A pontuação é feita de modo parecido com os saltos, mas levando em conta uma classificação diferente. Os spins são divididos entre upright spins, layback spins, camel spins e sit spins. Dentro desses grupos, há uma nova classificação entre 5 níveis: básico, 1, 2, 3 e 4, conforme o grau de dificuldade do spin. Na sigla que é demonstrada no protocolo de notas, o nível aparece no final. Vejam o seguinte protocolo, por exemplo:

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte

O elemento 4 é o CCoSp4, o que significa que é um nível 4 do elemento abreviado por CCoSp, que é uma combinação de spins com mudança de pé,

Além disso, há alguns modificadores que influenciam diretamente na nota: spin com uma posição e sem mudança de pé, flying spin, spin com uma mudança de pé e sem mudança de posição e combinação de spins com mudança de posição e mudança de pé. Cada modificador desse traz uma nota diferente. Pode parecer meio complicado, mas vai ficar mais fácil conforme for explicando.

Upright spin


São os spins realizados com o corpo posicionado na vertical sobre o pé que está patinando.

A pontuação é a seguinte:


  Spin com uma posição e sem mudança de pé
 
SpinAbreviaturaNota base
Upright Level B USpB 1
Upright Level 1 Usp11,2
Upright Level 2 USp2 1,5
Upright Level 3 Usp31,9
Upright Level 4 Usp42,4


 Flying spin


SpinAbreviaturaNota base
Upright Level B FUSpB1,5
Upright Level 1 FUSp11,7
Upright Level 2 FUSp22
Upright Level 3 FUSp32,4
Upright Level 4 FUSp42,9



Exemplo de flying upright spin

 Spin com uma mudança de pé e sem mudança de posição

Spin Abreviatura Nota base
Upright Level B (F)CUSpB 1,5
Upright Level 1 (F)CUSp1 1,7
Upright Level 2 (F)CUSp2 2
Upright Level 3 (F)CUSp3 2,4
Upright Level 4 (F)CUSp4 2,9



Upright spin com mudança de pé


Essas são as variações do Upright spin:

Two-footed spin


É fácil de reconhecer e é o primeiro spin a ser aprendido. É feito com os dois pés girando no gelo.

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte


One-footed spin


Feito levantando um pé e girando com o outro.

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte

Esta animação demonstra bem como é o spin.


Forward Open Spin



Parecido com o one-footed spin, exceto que a perna livre fica ao lado do corpo em vez de ficar dobrada.

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte





Back Open Spin


É um espelho do  forward open spin, mas feito com o fio externo do pé direito, patinando para trás.

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte




Forward Scratch Spin


Começa como o Forward Open Spin, mas após algumas rotações, o pé livre cruza o outro pé e fica na posição que pode ser vista na figura abaixo.


patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte


Back Scratch Spin

É o back scratch spin, fazendo o mesmo cruzamento das pernas já comentado no salto anterior.




Cross Foot Spin



Os pés ficam cruzados logo de início, ao contrário dos tipos acima, no qual eles só se cruzam após algumas rotações.




Mais para frente veremos os outros spin


Até semana que vem!






























































quarta-feira, 10 de agosto de 2016

[Notícias] Aposentadoria, preferências dos patinadores nas Olimpíadas de Verão e Max Aaron usando Rei Leão no programa longo.

Olá, tudo bem? Hoje separei algumas notícias sobre patinação.

Aposentadoria


Uma atleta recentemente anunciou a aposentadoria. É a Gold... mas não foi a Gracie, a atual campeã americana, e sim a sua irmã gêmea, Carly. 

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Carly e Gracie com o técnico

Em seu anúncio, ela conta que foi assistir ao campeonato nacional de patinação quando tinha 10 anos e se encantou pelo esporte. Seu objetivo passou a ser competir pelo campeonato nacional na categoria sênior. Em 2016, seu sonho finalmente se tornou realidade, competindo ao lado da irmã Gracie, que venceu a competição. Ela considerou que havia chegado a sua meta e que era a hora certa de encerrar a carreira.



 Patinadores falam sobre as Olimpíadas de Verão


O site Ice Network falou com alguns patinadores sobre o interesse deles sobre as Olimpíadas de Verão. Meagan Duhamel, uma das melhores atletas de pares, lembrou da ginasta americana Kerri Strug, que machucou o pé e mesmo assim fez um salto para ajudar o time americano nas Olimpíadas de 1996. Max Aaron lembrou das conquistas do nadador Michael Phelps.

O interessante foi ver que o interesse pela ginástica artística é quase unânime. É um esporte bem próximo a patinação, pois envolve saltos, acrobacias e parte artística. Sem contar o julgamento por notas, comum às duas modalidades.

Aliás, a ginástica é um dos esportes que ajudam no desempenho da patinação. A flexibilidade, o equilíbrio e a força que são desenvolvidos pela ginástica são muito bem aproveitados na patinação. Depois teremos um post específico falando sobre esportes cuja prática facilitam o desempenho na patinação.

A notícia completa pode ser vista aqui (em inglês).


Max Aaron se apresenta com programa longo inspirado em Rei Leão


patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte



Max Aaron participou do U.S. Collegiate Figure Skating Championships, apresentando pela primeira vez seu programa longo com música de Rei Leão. Ele apresentou um total de 10 saltos, e obteve 150,06. 

Ele ainda não decidiu se vai usar o programa em competições durante a temporada 2016-2017.



Até mais!





domingo, 7 de agosto de 2016

A patinação no gelo nos Olimpíadas de verão

Em tempo de Olimpíadas de Verão, há uma curiosidade muito interessante que pouca gente conhece. Hoje em dia, quando pensamos na patinação artística, logo lembramos de alguns dos melhores momentos das Olimpíadas de Inverno. Mas houve um tempo em que isso era diferente. Mais precisamente, nos Jogos de Londres de 1908, ano em que a patinação estreou nas Olimpíadas... de Verão.

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte


OK, na verdade não era exatamente as Olimpíadas de Verão. A divisão entre Verão e Inverno só aconteceu na década de 20, com os primeiros Jogos Olímpicos de Inverno sendo disputados em 1924, na cidade de Chamonix, França. Antes disso, as Olimpíadas eram um único evento. É o primeiro esporte hoje considerado de inverno a fazer parte dos Jogos foi a patinação artística, sendo em Jogos posteriores seguida por outros esportes, como a patinação de velocidade e o hockey.

No ano de 1908, foram disputadas 4 modalidades: feminina, masculina, pares e figuras especiais para homens. Esse último consistia em fazer desenhos no gelo com a lâmina. Entre os campeões daquele ano, tivemos Ulrich Salchow, criador do salto Salchow, usado ainda hoje nas competições de patinação. Os países vencedores foram Rússia, Suécia, Inglaterra e Alemanha.

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte


Nas Olimpíadas de 1912, a patinação não foi disputada, já que os organizadores queriam incentivar outro evento, o Nortic Games, que era voltado para esportes de inverno.

Em 1916, as Olimpíadas não foram disputadas por causa da I Guerra Mundial. O evento voltou em 1920, na Antuérpia, Bélgica. E a patinação também voltou a ser disputada, agora com as modalidades masculina, feminina e pares. Os europeus continuaram a dominar o evento, com duas vitórias da Suécia e uma da Finlândia.

Em 1924, houve a divisão entre Olimpíadas de Verão e de Inverno. Ao contrário de hoje em dia, os eventos eram disputados no mesmo ano e no mesmo país. A separação foi necessária para que esportes que necessitavam de neve pudessem ser incluídos, já que não era possível que fossem disputados junto com outros esportes de verão. Por não dependerem do clima, a patinação e o hockey não sofriam desse problema e por isso estiveram presentes na época de Olimpíada unificada.

 Apesar da patinação realmente ter mais a ver com as Olimpíadas de Inverno, não dá para deixar de pensar em como seria se ainda hoje tivessemos um evento unificado. Uma vantagem seria poder ver uma competição de patinação de alto nível nas Olimpíadas do Rio. Aposto que muita gente ficaria fã de vez do esporte se pudesse ver pessoalmente, já que essa é uma experiência incrível.

E vocês, já imaginaram como seria uma Olimpíada unificada? Será que a patinação ganharia ainda mais espaço ou ficaria um pouco esquecida em meio a outros esportes famosos?

Até semana que vem!



segunda-feira, 1 de agosto de 2016

[Pontuação] Os componentes do programa

Olá, tudo bem?

Hoje vamos continuar falando sobre pontuação e agora chegamos aos componentes do programa. Os outros posts da série podem ser vistos aqui e aqui.

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Exemplo de julgamento de programa de componentes

Os componentes do programa são avaliados por notas dos juízes entre 0,25 e 10. Veremos mais detalhadamente quais são os elementos e como é feito este julgamento.

Habilidades de patinação (Skating skills)


São as habilidades técnicas de patinação, envolvendo elementos como passos (steps), viradas (turns), uso de lâminas em diferentes direções (edge). Enfim, tudo o que aprendeu desde as primeiras aulas de patinação, até mesmo aspectos básicos.

Embora haja uma série de critérios a serem avaliados, separei alguns que podem ser observados com facilmente:

Facilidade em patinar com apenas um pé e não patinar demais usando dois pés.

Patinar em diferentes direções, tanto de frente quanto de costas

Bom deslizamento no gelo

Bom equilíbrio e facilidade na transferência de peso

Performance/execução


Mede o envolvimento do patinador, tanto de forma física quanto emocional conforme ele executa o programa.

Alguns critérios:

Interpretação do programa de forma a passar emoção

Transições fluidas de um movimento para o seguinte

Boa conexão com o público


Coreografia


É autoexplicativo. Mede a qualidade da coreografia do patinador.

Alguns critérios:

Propósito - a intenção e qualidade com que a coreografia foi elaborada. Aqui conta muito um bom coreógrafo.

Unidade - cada passo, movimento e elemento e motivado pela música

Padrões - fazer uma variedade significativa de diferentes padrões e direções.

Cobertura de gelo - o quanto o patinador se movimenta pela pista. O ideal é que cubra uma quantidade grande de gelo

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Comparação da cobertura de gelo de Yuna Kim e Sotnikova no programa longo das Olimpíadas de Socchi


Interpretação


Mede a interpretação da música enquanto patinação.

Alguns critérios:

Expressão das características e estilos da música durante o programa

Capturar as nuances da música que está sendo apresentada


Transições


Variedade ou dificuldade do trabalho dos pés, posições, movimentos e transições entre todos os elementos

Alguns critérios:

Variedade
Dificuldade
Qualidade

Já deu para perceber que o julgamento desses elementos é muito mais subjetivo. Apesar dos esforços para tornar os critérios mais objetivos, provavelmente é impossível eliminar toda subjetividade do julgamento. Para quem assiste, aqui fica bem mais difícil saber qual nota os juízes irão dar. 

Hoje ficamos por aqui.

Até mais!


quinta-feira, 28 de julho de 2016

Notícias - resultado do Rio Open e brasileiros no JPG St. Gervais

Olá, tudo bem?

No post de notícias dessa semana, vamos ver os resultados do Rio Open e as inscrições para a etapa inicial do Grand Prix Junior.

Rio Open

O torneio Rio Open, disputado nos dias 16 e 17 de julho de 2016, já teve seus resultados divulgados. Na categoria FS8 Adulto I, Simone Pastusiak fez 37,43 e na categoria FS8 Adulto I Masculino, Rafael Andrade Braga fez 37,87 pontos.

O resultado completo pode ser visto aqui.

patinação, patinagem, patinação no gelo, patinagem no gelo, ice skating, figure skating, patinação artística no gelo
Fonte

Brasileiros no JPG St. Gervais

Saiu a lista de atletas que vão participar da primeira etapa do Grand Prix Junior de patinação nos dias 24 a 28 de agosto de 2016, na cidade de St. Gervais, França. Serão disputadas as categorias feminina, masculina e dança.

A novidade é a participação da brasileira Karolina Elizabeth Calhoun, que faz dupla com o americano Logan Tyler Leonesio. Os dois patinarão representando o Brasil na competição de dança.

Os eventos do Grand Prix Junior são transmitidos por YouTube pela ISU. Fiquem ligados nos próximos posts, pois vamos avisar com antecedência os horários e links.

Até mais!