Rússia fora das Olimpíadas de Inverno: o que sabemos até agora?

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017
Olá, tudo bem?

Como já anunciamos no Facebook, o COI (Comitê Olímpico Internacional) recentemente anunciou que a Rússia seria banida das Olimpíadas de Pyeongchang. O motivo do banimento foi a punição por um grande esquema de burla da legislação anti-doping implementado pelo país nas Olimpíadas de Sochi, em 2014. Para se ter uma ideia do tamanho do problema, a Rússia originalmente tinha 33 medalhas nesses Jogos e acabou com 22 após a punição de diversos medalhistas russos. Nenhum deles competia na patinação artística.


Fonte

Essa situação gerou uma grande insatisfação entre outras federações, que exigiam uma punição severa. Chegou-se a aventar a hipótese de banir a Rússia já nas Olimpíadas do Rio, em 2016, mas isso não aconteceu na época. 

Agora, finalmente o COI decidiu sobre o caso. Na prática, isso significa que os oficiais do governo não poderão comparecer à competição, a bandeira será banida das cerimônias oficiais e o hino não poderá ser tocado. Embora seja possível ter atletas de nacionalidade russa, as medalhas ganhas por eles não serão computadas para a Rússia, que não participará do quadro de medalhas. Seus uniformes serão neutros.

Os atletas russos poderão comparecer ao evento mediante convite do COI. Para tanto, é necessário que demonstrem um histórico de rigor nos testes anti-doping. Ou seja, eles não serão apontados pela federação nacional.

Após o anúncio da punição, muitos recearam que a Rússia reagisse convocando um enorme boicote aos Jogos, de modo que nenhum atleta russo competisse na Coreia do Sul. Na patinação, isso certamente seria desastroso, pois há uma grande quantidade de atletas russos que estão entre os melhores de suas categorias. No último Grand Prix, por exemplo, tivemos 3 medalhas para a Rússia nas competições do sênior. Contando as 4 categorias, daria para fazer um pódio só de russos.


Fonte

Apesar do clamor pelo boicote ter acontecido, ele diminuiu um pouco após as primeiras declarações do presidente Vladimir Putin e do presidente do comitê olímpico russo Alexander Zhukov, que apoiaram a presença dos atletas russos nas Olimpíadas.

Apesar disso, houve fortes reações entre os russos de repúdio à decisão do COI, considerando a punição como uma perseguição ao país.

Um problema mais específico diz respeito a escolha dos atletas para as Olimpíadas. Não se sabe ao certo com que critérios serão escolhidos os patinadores. Como não há escândalos de doping em relação à patinação artística, provavelmente não haverá problemas nesse sentido. Mas será que o desempenho no Campeonato Russo vai ser levado em consideração ou o comitê vai convidar atletas com base em competições internacionais? Essas são perguntas que ainda precisam ser respondidas.

E então, quais serão os atletas selecionados? Será que alguém vai se recusar a participar das Olimpíadas?

Até mais!


Final do Grand Prix 2017

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017
Olá, tudo bem?

Chegou a hora da final do Grand Prix. A competição é disputada em Nagoya, no Japão, 11 horas a frente do horário de Brasília.

Fonte


A página oficial do evento pode ser vista aqui.  Os resultados podem ser vistos aqui. Streams podem ser procurados aqui.

Além de todas as categorias do sênior, o evento também será a final do Grand Prix Junior. Nesse caso, o evento é transmitido pelo canal do Youtube, como foram os outros eventos.

Seguem os horários, vídeos e ordem de início

7/12/2017


3:10 - Pares Júnior curto


1 Yumeng GAO/Zhong XIE  China
2 Aleksandra BOIKOVA/Dmitrii KOZLOVSKII  Rússia
3 Anastasia POLUIANOVA/Dmitry SOPOT  Rússia
4 Ekaterina ALEXANDROVSKAYA/Harley WINDSOR  Rússia
5 Apollinariia PANFILOVA/Dmitry RYLOV  Rússia
6 Daria PAVLIUCHENKO/Denis KHODYKIN  Rússia

4:30 - Masculino Junior curto


1 Andrew TORGASHEV  EUA
2 Makar IGNATOV  Rússia
3 Mitsuki SUMOTO  Japão
4 Camden PULKINEN  EUA
5 Alexei KRASNOZHON  EUA
6 Alexey EROKHOV  Rússia

5:40 - Feminino Junior curto


1 Rika KIHIRA  Japão
2 Anastasia TARAKANOVA  Rússia
3 Daria PANENKOVA   Rússia
4 Alena KOSTORNAIA   Rússia
5 Sofia SAMODUROVA  Rússia
6 Alexandra TRUSOVA  Rússia

7:15 - Pares curto


1 Xiaoyu YU / Hao ZHANG  China
2 Ksenia STOLBOVA / Fedor KLIMOV  Rússia
3 Meagan DUHAMEL / Eric RADFORD  Canadá
4 Aljona SAVCHENKO / Bruno MASSOT  Alemanha
5 Evgenia TARASOVA / Vladimir MOROZOV  Rússia
6 Wenjing SUI / Cong HAN  China


8:30 - Masculino curto


1 Jason BROWN  EUA
2 Adam RIPPON  EUA
3 Sergei VORONOV  Rússia
4 Mikhail KOLYADA  Rússia
5 Shoma UNO  Japão
6 Nathan CHEN  EUA


9:40 - Dança curto


1 Anna CAPPELLINI / Luca LANOTTE  Itália
2 Madison HUBBELL / Zachary DONOHUE  EUA
3 Madison CHOCK / Evan BATES  EUA
4 Maia SHIBUTANI / Alex SHIBUTANI  EUA
5 Tessa VIRTUE / Scott MOIR  Canadá
6 Gabriella PAPADAKIS / Guillaume CIZERON  França


8/12/2017


3:40 - Dança Júnior curto


1 Marjorie LAJOIE/Zachary LAGHA      Canadá
2 Sofia POLISHCHUK/Alexander VAKHNOV      Rússia
3 Sofia SHEVCHENKO/Igor EREMENKO      Rússia
4 Anastasia SKOPTCOVA/Kirill ALESHIN      Rússia
5 Arina USHAKOVA/Maxim NEKRASOV      Rússia
6 Christina CARREIRA/Anthony PONOMARENKO  EUA

5:00 - Pares Júnior longo


1 Aleksandra BOIKOVA/Dmitrii KOZLOVSKII Rússia
2 Anastasia POLUIANOVA/Dmitry SOPOT Rússia
3 Yumeng GAO/Zhong XIE China
4 Daria PAVLIUCHENKO/Denis KHODYKIN Rússia
5 Ekaterina ALEXANDROVSKAYA/Harley WINDSOR  Austrália
6 Apollinariia PANFILOVA/Dmitry RYLOV  Rússia

6:30 - Masculino Júnior longo


1 Andrew TORGASHEV EUA
2 Camden PULKINEN EUA
3 Makar IGNATOV Rússia
4 Alexey EROKHOV Rússia
5 Alexei KRASNOZHON EUA
6 Mitsuki SUMOTO Japão

7:55 - Feminino curto


1 Satoko MIYAHARA Japão
2 Wakaba HIGUCHI Japão
3 Maria SOTSKOVA Rússia
4 Carolina KOSTNER Itália
5 Kaetlyn OSMOND Canadá
6 Alina ZAGITOVA Rússia

9:15 - Masculino longo

Vídeo

9/12/2017


2:45 - Dança Júnior longo

Vídeo



4:05 - Feminino Júnior longo

Vídeo



5:25 - Pares longo

Vídeo


6:55 - Dança longo

Vídeo



8:20 - Feminino longo

Vídeo




Até mais!

Classificados para a final do Grand Prix 2017

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017
Olá, tudo bem?

Terminadas as etapas do Grand Prix, agora chegou a hora de vermos quem conseguiu se classificar para a final e quem chega forte para a competição.

Fonte

A final vai acontecer entre os dias 7 e 10 de dezembro na cidade de Nagoya, no Japão.


Masculino


No masculino, temos a ausência de nomes que sempre marcavam presença nesse evento, como Yuzuru Hanyu, Javier Fernandez e Patrick Chan. Em compensação, tivemos nomes mais novos que chegam fortes, como Shouma Uno (28 pontos) e Nathan Chen (30 pontos). Ambos foram medalhistas na final do Grand Prix do ano passado e chegam muito fortes para este ano.

Ao contrário do ano passado, nessa ano a Rússia conseguiu colocar 2 atletas na final. Tanto Mikhail Kolyada quanto Sergei Voronov venceram uma etapa e ficaram em 3º lugar em outra, garantindo com tranquilidade as duas vagas (26 pontos).

Adam Rippon chega a sua segunda final seguida com dois segundos lugares, fruto de atuações seguras (26 pontos). Adam vem sendo bem consistente até agora, acertando boa parte do que se propõe a fazer no programa.

A última vaga iria para Boyang Jin (22 pontos), mas por causa de uma contusão ele acabou desistindo do evento. Entra em seu lugar Jason Brown (22 pontos), que vinha tendo ótimo desempenho, até que teve um programa longo desastroso no NHK Trophy e acabou fora do grupo dos 6 primeiros.

Feminino


A notícia mais impactante certamente foi a desistência de Evgenia Medvedeva. Vencedora das duas últimas edições do evento, ela era a favorita para conquistar de novo o título. Além dela, apenas Alina Zagitova conseguiu vencer dois eventos (30 pontos) e é uma das favoritas ao título.

Kaetlyn Osmond, Carolina Kostner e Maria Sotskova também se classificaram com certa tranquilidade (26 pontos). Enquanto Kostner e Sotskova sempre ficaram na segunda posição, Osmond venceu um dos eventos e ficou em terceiro no outro, graças a um programa pouco inspirado.

Wakaba Higuichi foi talvez a grande surpresa do Grand Prix. Depois de uma temporada difícil, Wakaba iniciou esse novo ciclo disposta a conseguir uma vaga nas Olimpíadas. Com a terceira e segunda posições nas suas etapas, ela conseguiu garantir sua vaga, conquistando 24 pontos.

Substituindo Medvedeva, temos Satoko Miyahara, com 22 pontos. A princípio, temos a tendência a descarta-la como uma das favoritas ao título, pois se classificou apenas como substituta. Mas isso seria um erro. Satoko teve uma participação medíocre no NHK Trophy (5º lugar), mas teve uma ótima atuação no Skate America. Muitas vezes mais importante que uma atuação constante é o crescimento que o atleta tem durante a competição (vimos isso com Nathan Chen ano passado). Se repetir a boa atuação na final, Satoko pode sim vencer a competição.

Pares


Nos pares, temos duas duplas que venceram dois eventos: Sui Wenjing / Han Cong e  Evgenia Tarasova / Vladimir Morozov (30 pontos). Logo abaixo temos Aliona Savchenko / Bruno Massot, que venceram um evento e ficaram na segunda posição em outro, consquistando 28 pontos).

Um pouco depois temos  Canada Meagan Duhamel / Eric Radford,  Ksenia Stolbova / Fedor Klimov e Yu Xiaoyu / Zhang Hao (26 pontos). Desses, apenas os primeiros venceram algum evento.


Dança


 Gabriella Papadakis / Guillaume Cizeron, Tessa Virtue / Scott Moir e Maia Shibutani / Alex Shibutani venceram todos os eventos que participaram e são os favoritos a fazer o pódio da final (30 pontos).

Com dois segundos lugares, temos Madison Chock / Evan Bates (26 pontos). Mais afastados, com 24 pontos, temos Madison Hubbell / Zachary Donohue, Anna Cappellini / Luca Lanotte e Ekaterina Bobrova / Dmitri Soloviev. Essa última dupla acabou de fora nos critérios de desempate.


E então, quem vocês acham que vai ganhar em cada categoria? Algum favorito?

Até mais!





Grand Prix 2017 - Skate America

sexta-feira, 24 de novembro de 2017
Olá, tudo bem?

O último evento do Grand Prix 2017 é o Skate America, disputado em Lake Placid, com 3 horas a menos do que o horário de Brasília.

Fonte

Os streams podem ser procurados aqui. A página oficial do evento está aqui e os resultados podem ser vistos aqui.

Seguem os horários, vídeos e ordem de início.

24/11/2017

21:23 -Pares curto

Vídeo



22:54 - Masculino curto

Vídeo



25/11/2017

17:00 - Pares longo

Vídeo

01     Moore-Towers / Marinaro (CAN)
02     Stellato / Bartholomay (USA)
03     Denney / Frazier (USA)
04     Scimeca Knierim / Knierim (USA)
05     Savchenko / Massot (GER)
06     Zabiiako / Enbert (RUS)
07     Duhamel / Radford (CAN)
08     Yu / Zhang (CHN)


18:57 - Masculino longo

Vídeo

01     Liam Firus (CAN)    
02     Kevin Reynolds (CAN)    
03     Maxim Kovtun (RUS)    
04     Takahito Mura (JPN)    
05     Roman Sadovsky (CAN)    
06     Ross Miner (USA)    
07     Boyang Jin (CHN)    
08     Daniel Samohin (ISR)
09     Han Yan (CHN)    
10     Sergei Voronov (RUS)
11     Adam Rippon (USA)    
12     Nathan Chen (USA)

22:36 - Dança curto

Vídeo




26/11

0:23 - Feminino curto

Vídeo





17:00 - Dança longo

Vídeo

01     Parsons / Parsons (USA)
02     Wang / Liu (CHN)
03     Hawayek / Baker (USA)    
04     Muramoto / Reed (JPN)    
05     Gilles / Poirier (CAN)
06     Zagorski / Guerreiro (RUS)
07     Cappellini / Lanotte (ITA)
08     Sinitsina / Katsalapov (RUS)
09     Shibutani / Shibutani (USA)

19:07 - Feminino longo

Vídeo

01     Nicole Rajicova (SVK)    
02     Xiangning Li (CHN)    
03     Alena Leonova (RUS)
04     Polina Tsurskaya (RUS)    
05     Karen Chen (USA)    
06     Bradie Tennell (USA)
07     Ashley Wagner (USA)    
08     Serafima Sakhanovich (RUS)    
09     Kaori Sakamoto (JPN)    
10     Gabrielle Daleman (CAN)    
11     Satoko Miyahara (JPN)

Até mais!


Grand Prix 2017 - Internationaux de France

sexta-feira, 17 de novembro de 2017
Olá, tudo bem?

A penúltima etapa do Grand Prix 2017 acontece na cidade de Grenoble, na França, com 3 horas à frente do horário de Brasília.

Fonte


Os streams podem ser procurados aqui. A página oficial pode ser vista aqui e os resultados aqui.

Seguem os vídeos, horários e ordem de apresentação.

17/11

12:04 - Feminino curto

Vídeo



13:55 - Dança curto

Vídeo





15:35 - Pares curto

Vídeo





17:09 - Masculino curto

Vídeo





18/11

10:20 - Feminino longo

Vídeo




12:30 - Dança longo

Vídeo




16:00 - Pares longo

Vídeo



17:50 - Masculino longo

Vídeo






Grand Prix 2017 - NHK Trophy

sexta-feira, 10 de novembro de 2017
Olá, tudo bem?

O próximo evento do Grand Prix é o NHK Trophy. O evento é disputado em Nagoya, com 11 horas de diferença para o horário de Brasília.

Fonte


Os streams podem ser procurados aqui. A página oficial pode ser vista aqui e os resultados estão aqui.


Seguem os horários, ordem de apresentação e vídeos.


10/11/2017

3:20 Pares curto

Vídeos

Grupo 1
1. Miu SUZAKI / Ryuichi KIHARA - JPN
2. Sumire SUTO / Francis BOUDROT-AUDET - JPN
3. Alexa SCIMECA KNIERIM / Chris KNIERIM - USA
4. Miriam ZIEGLER / Severin KIEFER - AUS

Grupo 2
5. Kristina ASTAKHOVA / Alexei ROGONOV - RUS
6. Julianne SEGUIN / Charlie BILODEAU - CAN
7. Wenjing SUI / Cong HAN - CHN
8. Ksenia STOLBOVA / Fedor KLIMOV - RUS

5:10 Feminino curto

Vídeo - Rika Hongo
Vídeos

Grupo 1
1. Alena LEONOVA - RUS
2. Polina TSURSKAYA - RUS
3. Alaine CHARTRAND - CAN
4. Soyoun PARK - KOR
5. Yuna SHIRAIWA - JPN
6. Nicole RAJICOVA - SVK

Grupo 2
7. Mariah BELL - USA
8. Carolina KOSTNER - ITA
9. Mirai NAGASU - USA
10. Rika HONGO - JPN
11. Satoko MIYAHARA - JPN
12. Evgenia MEDVEDEVA - RUS
8:05 Masculino curto

Vídeos

Grupo 1
1. Hiroaki SATO - JPN
2. Kazuki TOMONO - JPN
3. Keegan MESSING - CAN
4. Nam NGUYEN - CAN
5. Michal BREZINA - CZE
6. Sergei VORONOV - RUS

Grupo 2
7. Deniss VASILJEVS - LAT
8. Dmitri ALIEV - RUS
9. Adam RIPPON - USA
10. Alexei BYCHENKO - ISR
11. Jason BROWN - USA
W/D Yuzuru HANYU - JPN

11/11/2017

1:45 Dança curto

Vídeos

Grupo 1
1. Misato KOMATSUBARO / Timothy KOLETO - JPN
2. Penny COOMES / Nicholas BUCKLAND - GBR
3. Alexandra NAZAROVA / Maxim NIKITIN - UKR
4. Kana MURAMOTO / Chris REED - JPN
5. Victoria SINITSINA / Nikita KATSALAPOV - RUS

Grupo 2
6. Marie-Jade LAURIAULT / Romain LE GAC - FRA
7. Laurence FOURNIER BEAUDRY / Nikolaj SORENSEN - DEN
8. Tessa VIRTUE / Scott MOIR - CAN
9. Madison HUBBELL / Zachary DONOHUE - USA
10. Anna CAPPELLINI / Luca LANOTTE - ITA


3:35 Pares longo

Vídeos


5:40 Feminino longo


Vídeos




8:30 Masculino longo

Vídeos




12/11/2017

0:45 Dança longo

Vídeos

1    Komatsubara / Koleto (JPN)
2    Muramoto / Reed (JPN)   
3    Fournier Beaudry / Sorensen (DEN)   
4    Lauriault / Le Gac (FRA)
5    Nazarova / Nikitin (UKR)
6    Sinitsina / Katsalapov (RUS)
7    Coomes / Buckland (GBR)
8    Virtue / Moir (CAN)
9    Cappellini / Lanotte (ITA)
10    Hubbell / Donohue (USA)   


Até mais!

Olimpíadas 2018 - os últimos classificados

quarta-feira, 8 de novembro de 2017
Olá, tudo bem?

Hoje vamos completar a lista de classificados para as Olimpíadas de 2018, após a disputa do Nebehorn Trophy. Essas vagas se somam àquelas já preenchidas durante o Mundial de 2017.

Fonte


Lembramos que as vagas são dadas aos países, não aos atletas. Cada federação tem seu próprio critério para escolher os participantes. Por isso, vale a pena ficar de olho nos nacionais e no Grand Prix desse ano. Certamente essas competições serão de fundamental importância para essa decisão.

Seguem as vagas



Feminino


Classificados no Mundial

Rússia - 3 vagas
EUA - 3 vagas
Canadá - 3 vagas
Japão - 2 vagas
Itália - 2 vagas
Cazaquistão - 2 vagas
Coreia do Sul - 2 vagas
China - 1 vaga
França - 1 vaga
Alemanha - 1 vaga
Hungria - 1 vaga
Letônia - 1 vaga
Eslováquia - 1 vaga
Bélgica - 1 vaga

Classificados no Nebelhorn Trophy
Austrália - 1 vaga
Brasil - 1 vaga
Finlândia - 1 vaga
Suécia - 1 vaga
Suíça - 1 vaga
Ucrânia - 1 vaga


Masculino


Classificados no Mundial

Japão - 3 vagas
EUA - 3 vagas
Canadá - 2 vagas
China - 2 vagas
Israel - 2 vagas
Rússia - 2 vagas
Espanha - 2 vagas
Austrália - 1 vaga
República Checa - 1 vaga
França - 1 vaga
Geórgia - 1 vaga
Alemanha - 1 vaga
Cazaquistão - 1 vaga
Letônia - 1 vaga
Uzbequistão - 1 vaga

Classificados no Nebelhorn Trophy
Bélgica - 1 vaga
Itália - 1 vaga
Malásia - 1 vaga
Coreia do Sul - 1 vaga
Suécia - 1 vaga
Ucrânia - 1 vaga

Dança*


Classificados no Mundial

Canadá - 3 vagas
EUA - 3 vagas
França - 2 vagas
Itália - 2 vagas
Rússia - 2 vagas
China - 1 vaga
Israel - 1 vaga
Polônia - 1 vaga
Espanha - 1 vaga
Turquia - 1 vaga
Ucrânia - 1 vaga

Classificados no Nebelhorn Trophy

República Checa - 1 vaga
Alemanha - 1 vaga
Inglaterra - 1 vaga
Japão - 1 vaga
Eslováquia - 1 vaga
 Coreia do Sul - 1 vaga

Pares


Classificados no Mundial
Canadá - 3 vagas
China - 3 vagas
Rússia - 3 vagas
França - 2 vagas
Alemanha - 2 vagas
Itália - 2 vagas
França - 1 vaga
EUA - 1 vaga

Classificados no Nebelhorn Trophy

República Checa - 1 vaga
Austrália - 1 vaga
Áustria - 1 vaga
Coreia do Norte - 1 vaga
Israel - 1 vaga

Classificado como país sede

Coreia do Sul - 1 vaga

* No caso da dança, a vaga conquistada pela Dinamarca durante o Mundial foi perdida por impossibilidade do patinador Laurence Fournier Beaudry obter nacionalidade dinamarquesa. Como consequência, havia mais uma vaga sendo disputada no Nebehorn Trophy.

Até mais!







© Figure Skating Brasil - 2017. Todos os direitos reservados.
Design by: Thays Martins.
imagem-logo